Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma mãe atrapalhada (2ªParte)

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

Crónicas de uma mãe atrapalhada (2ªParte)

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

UMA QUESTÃO DE NEGÓCIO.

 

 O meu filho raramente está com os meus pais, mas quando está até reage bastante bem.

No Sábado esteve com eles. Estava a brincar com um pião antigo que para fazer rodar é preciso empurrar uma espécie de corda para cima e para baixo, quando o pião roda muito emite um som que me lembra um apito de comboio.  Quando não conseguia ele pedia ajuda ao meu pai.

  Entretanto quando os meus pais tiveram que se ir embora, o meu pai pediu-lhe um beijinho e ele nem uma nem duas, o que ele queria era que se lhe rodasse o pião.

 

Assim que o meu pai lhe diz que lhe roda o pião depois de lhe dar um beijinho, este dá-lhe o beijinho e consegue o seu objetivo.

 

Quando o meu pai me conta, sorrio e respondo:

- Isto com ele às vezes é uma questão de negócio.

Mas nunca o obrigo a dar um beijo se ele não quiser, ele é por natureza beijoqueiro, se não faz é porque não está para aí virado.

 

O pião é em tudo muito semelhante ao da imagem mudando apenas o puxador.

 

 Foto retirada da interne com link de referência

4 Grasnados

Grasnar post