Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Texto dos 4anos

A crescer com o Gonçalo

G4anos.jpg

Para o meu príncipe Gonçalo pelos seus 4 aninhos
Sabes filho eu acredito em Magia. Como podia não acreditar, se tu és feito de pura magia?! Trazes magia no olhar, trazes magia no sorriso, no teu jeito doce de ser, que só conhece quem tu deixas conhecer. A vida não te sorri da forma que eu como mãe deseja que a vida te sorrisse, mas mesmo assim tu sorris para ela, e ensinas-me também a sorrir quando as nuvens de tristeza tentam esconder o sol da minha felicidade. Mas isso é impossível, porque tu próprio és o sol. E eu sou a pessoa mais sortuda do mundo porque tenho um sol que é só meu.
Tens um jeitinho muito próprio de ser, mas a teu modo, como diz a tua mana és muito esperto, sabes o lugar de tudo. Arranjas formas de nos dizeres o que queres e és muito mais observador do que possamos imaginar. Falas a tua própria linguagem que eu chamo de Gonçalês e aos pouco eu vou aprendendo contigo, sem nunca desistir de que aprendas comigo. E tu és persistente, sabes bem aquilo que queres e não é fácil desistires do que queres. Às vezes filho não te podemos fazer as vontades e choras triste, mas eu tenho a certeza que um dia vais perceber que quando a mãe, o pai ou a mana te contrariam fazem-no por amor. Há coisas que aos pouco vou percebendo, queria tanto conseguir perceber melhor por exemplo que prenda tu gostavas para os teus anos, mas vou olhando para o brilho dos teus olhos e vou percebendo.
A tua irmã diz que caíste no caldeirão do “queridónio”, por seres tão fofo, tão meigo, tão docemente irresistível , mesmo quando tens as tuas venetas e morde e arranhas e acaba por te passar, mesmo que amues por um pouco
Disseram-me há pouco tempo que eras especial. Claro que és especial, és o meu anjinho, és o meu menino lindo , o meu filho querido, o meu talismã feito de pura magia. Por tudo isso e muito mais filho, parabéns pelos teus 4 aninhos (já?!!!), que a vida daqui para a frente te sorria e eu prometo filho que não vou desistir nunca de lutar, para que a vida te dê o sorriso que tu lhe dás. Sabes um segredo? Chiuuuu não digas nada!
Adoooooooooro-teeeeeee!!!!

Publicado no grupo inicial do blogue inicial e no face 19 de Janeiro de 2016

 

2 Grasnados

  • Imagem de perfil

    Mamã Gansa 19.01.2020

    O caldeirão do queridónio era de um episódio uma série de desenhos animados que dava na época que tornava as personagens irresistíveis, daí a comparação. Beijinhos
  • Grasnar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.