Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Será que todos os Bullies são orfãos?

Quem são os pais dos Bullies? Não existem????

Bullies1.jpeg

Será que os Bullies são órfãos , já pensaram nisto? Quem são os pais dos Bullies? Não existem????

Para mim, acabar com o Bullyyng começa nas nossas casas.

Tenho visto inúmeras publicações sobre prevenção contra o Bullying

e como atuar se for vítima de Bullying, Mas nunca vi nenhuma sobre o que fazer para que o meu filho, a minha filha não faça Bullying com os colegas.

Eu sei Eu sei , os nossos filhos, os nossos anjinhos papudos,

jamais fariam Bullying, não nos passa pelas nossas cabeças de mães e pais babados

e inchados como perus, no meu caso como Gansa.

Mas a realidade nem sempre é assim. O bullie nem sempre vem de uma família desestruturada. Claro que os há. Mas acontece aos melhores sabem?

O efeito de grupo,o querer ser aceite no grupo, o querer mostrar que não é um fracote, que é maior, e até mesmo o medo de passar a ser a vítima, e as crianças são facilmente influenciáveis.

No inicio do ano vi muita gente preocupada com as mochilas e o material novo, mas não vi ninguém que escrevesse que estava preocupado com o comportamento do seu filho em relação aos outros. Vi também muitas publicações sobre Bullying e nenhuma a dizer eu preocupo-me

que o meu filha, a minha filha não faça bullying com os colegas.

Uma vez como Diretora de Turma tive de chamar um pai para o informar que o seu filho tinha pintado nas paredes da escolas os palavrões mais feios que sabia com os nomes das colegas.

Estas fotografaram o que ele fez e denunciaram. O senhor chegou ao pé de mim com uma atitude arrogante. Ia chamar o ATL para levar o filho, e quando eu disse que iria precisar do filho, o senhor puxou dos seus galões e respondeu-me tenho a certeza absoluta que a senhora não tem nada de grave para dizer do meu filho. Como ainda estávamos no pátio da escolas, só disse ao senhor, “Vamos para dentro, porque acho que o senhor não faz a mínima ideia do que o seu filho anda

a fazer na escola.”

Assim que entrámos no gabinete confrontei o meu aluno perguntando se contava ele ou eu iria com

o pai dele à Direção mostrar as fotos da “arte” do menino.

O pai perguntou o que ele tinha feito e menino contou que tinha escrito

coisas como A e a B são umas Pu… e Vão para Con… da mãe delas.

“Se quiserem fo….. a A e B perguntem” e outras frases como estas.

O Senhor ia tendo um ataque de coração à minha frente coradíssmo de vergonha e disse textualmente ao filho:” Então tu fazes-me uma coisas destas? Chego eu aqui inchado que nem um peru e tu fazes-me passar esta vergonha? !!!”

Jurando-me a pés juntos que não era aquela a educação que dava ao filho e eu acreditei sinceramente no senhor, porque não é o primeiro caso destes que tenho.

Há sim que nos preocuparmos em educarmos contra o Bullying. Há que dizer aos nossos filhos a velha máxima de “Não faças aos outros o que não gostas que te façam a ti”. Se vires que um colega teu está isolado ou tem um deficiência não gozes com ele. Não faças bullying com um colega só porque os outros fazem. Não imites comportamentos. Se assistir a um colega ser alvo de Bullying denuncia , pede ajuda não fiques parado.

Informe-se regularmente com a pessoa responsável pela Turma na Escola da sua criança.

 

2 Grasnados

Grasnar post