Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

O que aprendeste quando a tua mão de mãe agarrou pela primeira vez a da tua criança?

InShot_20210719_210913014.jpg

Aprendi que quando um bebé se agarra a minha mão está a agarrar-se à vida..

Quando a minha mão de mãe agarrou na tua mão pequena e indefesa percebi a força com que te agarravas à vida.

Percebi que não agarrava apenas uma mão, que agarrava uma vida e que agarrava um amor incondicional.

Quando a minha mão de mãe tocou na tua mão de filho percebi que tocava uma mais que uma mão indefesa, uma alma plena de amor e beleza.

Quando a minha mão de mãe tocou a tua, aprendi que os sonhos se realizam e que acordava de manhã com o teu sorriso, meu menino talismã.

Quando as nossas mãos se tocaram aprendi que ainda tinhas muito por me ensinar e o quanto já aprendi eu não podia sequer imaginar.

Agora filho, estou a aprender a dar-te asas para que possas voar.

E quem sabe um dia sejas tu que me ensinas a voar.

Dedicado ao meu filho, o meu menino talismã, por ser o sonho realizado de ter uma segundo filho.

6 Grasnados

Grasnar post