Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada (2ªParte)

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

Crónicas de uma mãe atrapalhada (2ªParte)

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

Nostalgia de um dia de Verão..

20248188_10209716664895020_5814859304588797621_o.j

  Foto de minha autoria direitos reservados

 

Sentado na areia, descalço sentindo-a a afagar os teus pés, com a areia nas tuas mãos sentes prazer em deixá-la escorrer pelos dedos. Deixas que o vento te afague os cabelos, enquanto ambos sussurram segredos

   . Os raios de sol acariciam teu rosto sereno de menino pequeno. E és livre e feliz como só tu sabes sê-lo ...
     O Horizonte parece ser o limite, mas não o é porque não há limites para se ser livre e feliz

quando se é criança e carrega um mundo de sonhos na mão e no coração.