Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

HOJE ESTIVEMOS NA TV

2 de Abril dia mundial da sensibilização para o autismo.

 

EueGongasCMTV.jpg

 Obrigada à minha amiga Mafalda Simões pela captura deste momento.

Quem nos viu hoje?

Hoje é o dia mundial da consciencialização para o autismo.

Estivemos no programa da Manhã CM da CMTV a convite da Escola do Gonçalo e dos responsáveis pelos seus atuais Cão terapeutas. Estava um pouco nervosa com medo que o Gonçalo se descontrolasse em ambiente desconhecido. Mas desde a nossa chegada foram todos muito simpáticos e acolhedores. Um muito obrigada ao Pedro Paiva da Pet B Havior e ao maravilhoso labrador Armstrong. Muito obrigada também à equipa da Manhã CM por aceder a não fazer o Gonçalo esperar muito tempo e por toda a atenção e simpatia.

O Gonçalo mais uma vez me surpreendeu pela positiva , claro que ter um cão terapeuta lindo e fantástico como o labrador Armstrong, ao seu lado ajudou muito a que o Gonçalo estivesse calmo. E este é um dos efeitos fantásticos da Cinoterapia. Mas não só.

 

Quem conheceu o Gonçalo há três ou quatro anos, não diria que o Gonçalo que esteve ali na televisão era o mesmo.

O Gonçalo não se aguentava sentado, corria por todo o lado mexia em tudo.

Não me ouvia, não reagia ao seu nome, mordia. Atirava-se para o chão a chorar e ninguém o conseguia levantar durante as crises. Não foi só sorte hoje termos um menino calmo, cooperante e maravilhado por se ver na televisão. Percorremos um longo caminho, e nesse caminho encontrámos muitas pessoas a quem temos de agradecer. Aos voluntários da GNR e do seu departamento de Cinotécnica com quem o Gonçalo iniciou a Cinoterapia há dois anos.

 

E muitas outras pessoas maravilhosas que encontrámos neste caminho que nem sempre é fácil de percorrer, mas hoje quero agrdecer em particular à professora Élia que também esteve connosco no programa. A professora Élia quando começou a trabalhar com o Gonçalo foi muitas das vezes mordida por ele , numa fase em que ainda era muito dificl conseguir trabalhar-se ou conseguir qualquer colaboração da parte do Gonçalo,mas nunca desistiu nem dele, nem de nenhum dos meninos com quem trabalha. Este agradecimentos estende-se a toda equipa de assistentes operacionais que com ela trabalham todos os dias.

 

Estou muito orgulhosa do Gonçalo e de como ele esteve bem. Conto que tenham visto um menino autista, mas feliz e afetuoso.

No entanto já em casa o Gonçalo hoje não está assim tão calmo. Está particularmente excitado e irritável e isso faz parte do autismo , porque se controlou muito e agora tem de expandir toda as suas sensações.

 

14 Grasnados

Grasnar post