Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: O Meu Menino Talismã

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: O Meu Menino Talismã

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Dez anos de ti

O meu menino talismã

 

Dez anos? já Fazes dez anos? Já passou uma década? Já dizes a tua idade com as duas mãos? Pára já tudo !!!!!
Como foi que isto aconteceu? Parece que ainda ontem estavas a nascer e a adormecer com o "Nothing else matters" dos Metálica a tua música de embalar.
E de repente dez anos. Dez anos de uma montanha russa de emoções que nunca pensei sentir. Dez anos de ti que não trocava por nada deste mundo.
Quando estavas para nascer eu e a mana sonhávamos com as coisas que te íamos ensinar. Que ingénuas que éramos!Jamais sonhariamos que tu nos iria ensinar tanto e ainda nos ensinas. As lições que nos destes são preciosas.Aprendemos que o amor incondicional não precisa de palavras.Aprendemos que um abraço consola mais que mil palavras e que abraços maravilhosos sabes dar. Aprendemos que o verdadeiro amor é incondicional e que quando pensamos já não ter forças , basta deixar o amor entrar e sabemos que seja qual for o obstáculo vamos superar. Aprendemos sobre resiliência, superação e aprendemos que afinal o que sabiamos diante de ti, não era nada comparado com o que nos vieste ensinar. E não resisti em partilhar com o mundo tudo o que me ensinas, embora por vezes sinta que o mundo não quer aprender... Quem sabe um dia as pessoas superem os seus egos e percebam o quanto lhes pode ensinar.
Uma vez li que quando lutamos muito para conseguir algo, quando conseguimos esse objeto de torna num talismã, por todo o esforço que fizemos. Tu não és um objeto, mas nem por isso a minha luta e o meu desejo de ter nos braços foi menor Foram anos a sonhar contigo. Tens muito mais valor que qualquer objeto.És um sonho tornado realidade e por isso te chamei desde sempre o meu menino talismã.
Eu só desejava um bebé saudável , não queria saber se era menino, se era menina. Lembro-me de quando nasceste , eu dar por mim a contar os teus dedinhos das mãos e dos pés, que tonta, hoje sei que há coisas que não podemos ver e não t em problema desde que haja amor. És e serás sempre o meu anjinho barroco de carUuacóis dourados como sempre te chamei desde os teus primeiros caracolitos. Mas és e serás sempre o meu menino talismã. Mesmo que a vida nos esteja constantemente a pôr barreiras, nós estaremos prontos para as superar.
Desejo-te o melhor do mundo filho e um mundo melhor porque este infelizmente não está preparado seres humanos de uma pureza tão elevada como a tua Mas o teu sorriso constante e a tua alegria fizeram-me acreditar e magia e é com este magia, do amor incondicional que ao nosso modo ajudamos a construir um mundo melhor.
Mom loves you!



 

 

Grasnar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.