Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

DIA DOS IRMÃOS

SOBRE OS IRMÂOS DAS CRIANÇAS ESPECIAIS.

irmãosespeciais.jpg

DIA DOS IRMÃOS: SOBRE OS IRMÂOS DAS CRIANÇAS ESPECIAIS.

Eu podia falar sobre a cumplicidade e amor que a Bá e o Gonçalo têm como irmãos, mas não é

só sobre isso que vou escrever. Sabem os ti

Há os irmãos mais velhos, há os irmãos mais novos, há os irmãos do meio, há

os irmãos gémeos,há os meio irmãos , há os irmãos por casamento de pais divorciados.

Há os irmãos cool, os irmãos brincalhões, os irmãos chatos, os irmãos cuscos, e depois há os irmãos que são muito especiais porque nasceram com uma deficiência ou um transtorno que os torna especiais e há os irmãos dos irmãos especiais. No nosso caso falarei no fenimino a irmã, mas porque falo no plural e no geral falo de irmãos. Os irmãos das crianças especiais são infelizmente por mais esforço que se faça obrigada a crescer depressa. Tornam-se muitas das vezes o amparo dos pais.

Os melhores amigos dos irmãos aqueles que melhor os ouvem sem palavras , que aprenderam o valor do amor incondicional e que ganham uma bagagem para a vida que por vezes é injusto terem que a ganhar tão novos. Sabem que talvez um dia mais tarde ou mais cedo irão assumir a responsabilidade por aquele irmão especial que a vida lhe trouxe e a maioria dos que conheço não só não se queixam mas ainda dizem que aqueles irmãos foram uma prenda da vida.

Acreditem os irmãos das crianças especiais são também muito muito especiais, porque se tornam pessoas fantásticas e capazes de amar incondicionalmente. Aliás acho que devia haver um dia especial

 

TU SABES

Letra da música cuja capa é um desenho do Gonçalo.

InShot_20210530_115255837 (1).jpg

Quando no branco, vês o quadro negro,
Quando na noite escura vês a luz no coração
Quando nos sonhos vês tudo e regressas
Entendes que afinal o tempo é uma ilusão
 
E sabes
E sabes
E sabes
Que isto é sempre a subir
 
Quando no corpo tens o amor a vibrar
Quando te entregas ao todo sem nunca hesitar
Quando te sentes só e isso te faz brilhar
Sabes que é chegada a hora de voar
 
E tu sabes
Tu sabes
Tu sabes
Que isto é sempre a subir
 
E tu sabes
Tu sabes
Tu sabes
Que isto é sempre a subir
 
cuja capa é o desenho do Gonçalo e que em forma de retribuição foram criadas as t-shirts em parceria com @universodascorestêxteis que reverterão para o Gonçalo ter mais terapias.
E vocês já fazem parte do nosso clube de sonhadores?
 
 

O Homem que Sonha ( Da Rubrica Corações Azuis)

Vocês alinham connosco para ajudar o Gonçalo?

Eu disse-vos que tinha novidades. A vida dá muitas voltas e cheguei à conclusão que o Gonçalo precisa de mais ajuda para explorar o seu potencial e a vida ou universo como o Homem que Sonha acredita fez com que nos cruzássemos e iniciássemos esta parceria.
  Assim deixo-vos com o texto do nosso Convidado de hoje da rubrica Corações azuis.
Auto intitulam-se " O Homem que sonha" e gosta de realizar sonhos , os seus e os dos outros.
Entrem nesta aventura connosco que não se irão arrepender.
 
"Durante o processo de lançamento do single “Tu Sabes”, tive a necessidade de ter de criar uma capa. Vi imensas imagens (algumas muito bonitas) mas nenhuma se “encaixava” na música, na letra. Até que o universo enviou-me um desenho feito por uma criança com autismo, o Gonçalo Duarte (podem saber mais dele no blog da Mamã Gansa, sua mãe,aqui( https://cronicasdeumamaeatrapalhada2.blogs.sapo.pt).
 
Fiquei enamorado e pedi-lhes autorização para usá-lo na capa do single. A minha gratidão pela disponibilidade do Gonçalo e da sua mãe é incomensurável. Decidi então, numa parceria com o @universodascorestexteis criar umas t-shirts e sweats com a capa, em que o lucro é entregue ao Gonçalo para que possa continuar a fazer as suas terapias. Podem vê-las e adquiri-las aqui https://universodascores.pt/categoria.../blog-da-mama-gansa/
Quanto a músicas, novidades para breve. Continuem a sonhar.
 
During the process of launching the single “Tu Sabes”, I had the need to create a cover. I saw a lot of images (some very beautiful) but none of them “fit” in the music, in the lyrics. Until the universe sent me a drawing made by a child with autism, Gonçalo Duarte (you can find out more about him on the blog of Mamã Gansa, her mother, here https://cronicasdeumamaeatrapalhada2.blogs.sapo.pt). I fell in love and asked them for permission to use it on the cover of the single. My gratitude for the availability of Gonçalo and his mother is immeasurable. So I decided, in a partnership with @universodascorestexteis, to create some t-shirts and sweats with the cover, in which the profit is delivered to Gonçalo so that he can continue to do his therapies. You can see and purchase them here https://universodascores.pt/categoria.../blog-da-mama-gansa/"
As for songs, news coming soon. Keep dreaming.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

QUANTAS VEZES OUVIRAM FALAR DO LADO NEGRO DA MATERNIDADE ?

A minha reflexão sobre a mãe que se esqueceu da filha no carro.

InShot_20210518_003048917.jpg

Quantas vezes ouvem falar do lado negro da maternidade?

Sei que já não é o assunto do momento, mas eu tenho o hábito de tentar não reagir a quente.

Mas o acontecimento da mãe que numa hora negra se esqueceu da filha na cadeirinha , deixou-me a matutar no lado negro da maternidade. Aquele que raramente se fala. Aquele que exige que a mulher esteja plena e feliz logo a seguir a ter os filhos. Aquele que exige que esteja sempre magnifica e maravilhosa a seguir a um parto. Aquele que exige que a casa continue perfeita. E porque tive fases na minha vida de mãe em que conheci o cansar extremo fiquei a pensar.

Quando uma mãe está tão cansada que se que se esquece do bem mais precioso da sua vida,há por trás dela toda uma sociedade que falhou. Uma sociedade que exige que a mulher seja multi tarefas e perfeita, que não que se queixe,que não peça ajuda. Há uma rede familiar que falhou.

Uma rede de amigos que falhou.

Há toda uma sociedade que impõe um ritmo de vida alucinatório e que falhou. Mas eu acredito que a mãe não falhou. A mãe apenas foi uma vítima do lado negro da maternidade que a sociedade lhe impõe.

 

À Mãe da Maria Pilar queria mandar um abraço muito apertado e dizer-lhe que o que lhe aconteceu a ela podia ter acontecido a mim e a qualquer outra mãe humana e muito muito cansada. E não é a pior mãe do mundo,nem má mãe. Não foi a mãe que falhou, foi a sociedade que exige mães perfeitas que falhou consigo. Porque se uma mãe se queixa que está cansada a sociedade julga-a logo e pergunta porque é que quis ter filhos. Como se por ser mãe se perdesse o direito de estar cansada. Como se por ser mãe tivéssemos de ser sempre perfeitas em tudo, com um sorriso nos lábios.

 

A mãe perfeita , a cozinheira, a dona de casa, a profissional, a esposa, a amante e ainda tens de estar em forma para não te acusarem que lá por seres mãe, isso não desculpa que não cuides da tua aparência. Por acaso sabem se estás com uma depressão e te sentes demasiado cansada para oque seja. Tanta gente te julgou e condenou e eu penso se alguma vez se ofereceram para te ajudar, se alguma vez te perguntaram como estás? Se alguma vez te disseram que tinhas o direito de te sentir cansada e pedir ajuda?

 

Sabes tive a sorte de no meu trabalho conviver com mães mais velhas que me ensinaram o valor da tolerância, quando o mesmo que te aconteceu a ti, aconteceu a um pai aqui há uns anos atrás, quando foi a vez dele de ir levar a filha ao trabalho. Sabiam que não acontece só às mães,que não é a única que já aconteceu a mais pessoas?

 

Sabes queria tanto,mas tanto dar-te um abraço e dizer que não está sozinha, que tens mães do teu lado, que sabem o que é entrar em piloto automático e pensar que já fizeram uma série de tarefas que ainda não fizeram. Que já se atrasaram para ir buscar os filhos porque perderam a hora, que já voltaram atrás porque pensavam que já tinham ido buscar os filhos e que se aperceberam a tempo que afinal não.

 

A verdade é que vivemos uma vida louca em que temos filhos e mal temos tempo para estar com eles porque há sempre o trabalho,o trabalho profissional , do casa e há contas para pagar. E nem sempre é fácil conciliar a vida profissional com a pessoal. A verdade é que tiveste uma hora negra de cansaço e eu acredito que foi cansaço o que te aconteceu,eu sei o que é ter um cansaço extremo em cima de nós e ainda nos exigirem que nós não falhemos.

 

Escrevi este texto no dia internacional da família, porque só pensava como se sentiria aquela mãe ao saber que num lapso de cansaço perdeu parte da tua família. Quando uma mãe falha não falha sozinha, porque todos os que a rodeiam e não ajudaram também falharam, porque a sociedade que aponta e critica e exige que seja perfeita em tudo ao mesmo tempo a levou a um cansaço extremo. E o estigma de que quem procura ajuda é fraco. E porque quem a devia apoiar nesta hora negra não apoiou.

 

Ao pai que tão zangado e revoltado está com a mãe,não lhe tiro o direito de estar revoltado e de estar zangado, mas pergunto o seguinte. Quantas vezes foi levar os seus filhos à escola? Quantas vezes os foi buscar? Quantas vezes lhes mudou a fralda,lhes deu banho,lavou as roupas e preparou as refeições? Quantas vezes ajudou em casa?

Sei o que pensa sobre esta tragédia. Como foi possível esquecer-se da filha? Sabe eu já pensei assim há muitos anos quando um acidente semelhante aconteceu com um pai. Mas felizmente tive quem me abrisse os olhos para uma série de circunstâncias,que reconheci que podem acontecer a qualquer um.

 

E ainda bem ,porque um dia conheci o cansaço extremo e aprendi o que ele pode fazer. Acho que acredita que a si nunca lhe aconteceria,mas persisto na pergunta quantas vezes foi levar e buscar os filhos à escola?

Sabe podia ter sido eu, podia ter sido o pai, somos humanos todos nos arriscamos a ter horas negras na vida. Porque a maternidade e a paternidade também têm um lado negro, que ninguém fala porque não querem ser apontados como más mães ou maus pais.

Não imagino a dor desta família mas desejo que recuperem desta enorme perda com muita,força perdão e amor.

 

 

 

Gonçalo Monet

O primeiro quadro do Gonçalo

184850498_1898725243611055_6669913150085546678_n.j

Temos artista não temos? Digam lá de vossa justiça.Estou tão orgulhosa.Ao tempo que andava a tentar que ele pintasse um quadro.Hoje finalmente consegui.O céu e o sol fez completamente sozinho. O resto também mas comigo a segurar-lhe a mão. Grande parte fez ele sozinho, eu só orientei.Quis filmar o processo mas foi impossível , porque ele mexia no telemóvel.Estou muito orgulhosa do primeiro quadro do Gonçalo.Tenho motivo para isso
, não tenho?

 

 

 

Sabem o que é família para mim?

Família é Ohana.

familia 2021.jpg

Sabem o que é família para mim?

Família é Ohana.

Família somos nós os que aparecemos na foto.

Os que partilhamos casa, sonhos, desilusões, preocupações lutas e conquistas.

Mas família para mim não são só laços de sangue.

Família são os que ficam quando todos se foram embora.

Família são os que choram connosco pelas nossas desilusões e os que celebram connosco

as nossas conquistas e realizações.

É a amiga que te abre a porta sempre que precisas não importam os anos e a distância.

É a empregada do café que pega o teu filho ao colo para tomares café.

É a amiga que se senta contigo a brincar com o teu filho, para que tu possas comer e tomar café.

É o amigo que te empurra o carrinho do teu filho, para tu tirares fotografias.

É o amigo que te pega o flho ao colo para poderes trabalhar, quando não tens onde o deixar e o levas para a escola.

É amiga que te telefona só para te perguntar se precisas de alguma coisa.

É a dona de ATL que não resiste a abraçar o teu filho.

É a viznha que chegou há pouco tempo e se veste para sair contigo

porque o teu filho faz uma birra e quer que ela também vá.

Família são aqueles partilham a mesma luta que tu.

São aqueles que gostam de ti pelo que és

Família são aqueles que gostam de ti e dos teus

e se preocupam genuinamente com eles.

Laços de sangue são parentes.

Família é Ohana.

 

 

Pág. 1/2