Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

O "milagre do toucinho do céu"

 

a0ce437f738716c49238847b5709e4465f6b03a2.jpg

Há  alturas em que vale tudo. Por norma o Gonçalo come até bem demais. Porém tem uma seletiviade alimentar visual, se ao olhar aquilo não lhe agradar, está o caldo entornado.  Os ingredientes da comida normalmente têm de ser apresentados separados. Ora, no outro dia apeteceu-me fazer assim uma espécie de arroz à Valenciana um pouquinho aldrabado, mas que estava delicioso. Como me esqueci de avisar o pai para ter a paciência de separar as coisas, o pai pôs o arroz no prato com tudo à mistura. Assim que o Gonçalo lá chegou tivemos uma birra e queria fugir da mesa. Lá me pus, eu a separar, arroz para um lado, carne para outro, ervilhas, para salsichas para outro, mas ele nem queria olhar. Foi então que o pai aproveitou o facto do Gonçalo ser Guloso e foi buscar um destes toucinhos do Céu que o pai gosta de trazer do Lidl, deu-lhe a primeira colher e o Gonçalo não queria outra coisa. Bem, lá se foi negociando intercalando, sim intercalando leram bem, uma colher de Toucinho do céu e umas garfadas de arroz, marchou tudo até á última ervilha.  E diz-me o pai no final: “Olha já  podes fazer o post do milagre do Toucinho do céu!!!!

 Não dá para ser muitas vezes, mas o que interessa é que conseguimos que comesse.