Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Quando uma birra pode ser fofa

Digam lá se não é uma birra irresistível

Hoje de manhã o pai do Gonçalo vem-me chamar a rir. Anda ver o teu filho diz que não quer ir para a escola.

Cheguei lá e ele finge que está a dormir.

Chamo-o

“ Gonçalo anda para escola”

Ele ”Não”

Eu- Anda lá que tud gostas da escola.

Ele( abraçado ao Tim o seu cavalo Marinho de Peluche )- Não  escola, não- e aponta o dedo para eu sair e depois o dedoa indicar que ele fica na cama

 

Eu-Vá… anda lá para a escola que as professoras E. e a  S.( do CAA que ele frequenta)vão contar histórias e tu gostas das papas da escola e brincar com os amigos.

Ele-Não- e enrosca-se fingindo que dorme.

Eu-Vá anda lá vais aprender coisas giras  de pois vais brincar no ATL e se um dos meninos levar bolo depois não  papas e também assim não brincas com os meninos.

 Lá olhou para mim e acabou por se levantar.

Depois o pai contou-me que o tinha encontrado já acordado e o tinha chamado.

Pai- Anda filho vamos para a escola-

Filho- Escola não.

Pai- Queres dormir?

Filho- Siiiiiiiimm.

Pai- Mas tu estás acordado

Filho- Não-  e enrosca-se nos lençois.

Foi quando me veio chamar à gargalhada.

OS SOUVENIRS DE PARIS

Quando a expressão souvenirs de Paris ganha um novo significado

IMG_20191105_111705.jpg

 

Não. Não fui a Paris. Não estou em paris e nunca lá fui, mas faço intenções de ir um dia quem sabe. Também ninguém me trouxe souvenirs de Paris.

Ora aqui a Mamã Gansa é asmática e tem um sistema imunitário fraquinho. O pai ganso por ter passado umas 13 horas no Hospital a acompanhar a tia avó  dos miúdos que já conta a bonita idade de 92 anos, veio para casa com um vírus que lhe passou o que quase ia acabando em divórcio. (no que se refere ao divórcio estou a brincar ok?)

Conclusão final fiquei doente, oxigénio baixo no sangue, vaporização com ventilan no centro de saúde e mais uma catrefa de rmedicamentos.

 

Por isso o destino seguinte foi a farmácia. E com um sistema imunitário destes, dois miúdos pequenos e uma tia avó de 92 anos já lá somos clientes habituais naquela farmácia especificamente.

 

Entretanto, também tinha pedido à médica a receita do creme para minha psoríase que se agrava quando adoeço, a quantidade e volume de medicamentos era grande.

 

Como os sacos da farmácia são pequeninos, a senhora da farmácia gentilmente cedeu-nos um saco. E o saco era nada mais nada nada menos que um saco de souvenirs de Paris.

 

O que nos rimos bastante e até gozámos com a situação , Olha eu a sair daqui e veem este saco, dizem logo: “ mais uma baixa fraudulenta, afinal foi a Paris!!!!”

 Pois garanto-vos que isto agora é muito chique pois em vez de pedir os medicamentos, digo olha passa-me ali os Souvenirs de Paris.

IMG_20191105_111756.jpg

 

É que sou uma mamã, Gansa  mas chique!!!!