Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

1 de Novembro uma data com evento marcantes

Um pouco da minha História

1 de Novembro de 2013

E estou eu tão bem na cozinha a pôr numa caixa o peixinho que o Gonçalo não quis comer, quando de repente ele tropeça na minha perna e bate com a cabeça no puxador da gaveta. sangue por todo o lado. Segurei-o ao colo tentando tirar as mãos para perceber de onde vinha o sangue.

Por centésimos de segundo temi que o meu filho tivesse batido com o olho, quando vi um golpe grande e fundo em cima da vista direita. Limpei, desinfetei, liguei para o saúde 24 e caminhei para o Amadora Sintra onde passei o resto da tarde. Foi colado, fizeram-lhe um penso agora tem de fazer penso dia sim , dia não. Mas fiquei orgulhosa no meio disto tudo, bem disposto, a sorrir e simpático com toda a gente. Os pormenores contarei depois, que o SNS ainda me deixa os cabelos em pé com certas coisas e falta de bom senso de algumas pessoas. Só para adiantar não fosse o meu mau feitio e ainda de lá não tinha saído. Não ganhei para o susto...

 

1 de Novembro de 2014

Mais uma para testar a minha resiliência, filhota internada com suspeitas de início de Pneumonia....

1de Novembro de 2018

Há seis anos passei por um acontecimento que pôs em risco a minha vida e a dos meus filhos. Há cinco anos atrás neste dia o Gonçalo partia a cabeça. Há quatro anos a Bá era internada com uma pneumonia no Hospital, mas a vida continua. São acontecimentos que ficaram para a nossa História de família. Mas que nunca esqueço. Por isso este dia é o dia tenho sempre o sentimento de ansiedade e o de triunfo.

1 de Novembro de 2019

Estou de cama com um vírus de má qualidade que o Pedro apanhou no hospital e me passou. Febre, temperaturas altas e tosse. Estava a recuperar de uma apanhei outra. Não importa, pois há coisas piores O que importa é que eu possa continuar a nossa História com os seus altos e baixo. O que importa é que junto dos que amo e dos que me amam.

De 1 de Novembro de 2013 a 2018 excertos retirados do meu Facebook pessoal e grupo do Crónicas.