Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial com autismo e um raro síndrome de deleção 18P

O que a vida me fez acreditar

O texto que escrevi na entrevista dos sapos do ano.

E porque hoje é o último dia de votação dos Sapos do ano, partilho convosco o texto que escrevi para a entrevista. Alguns já terão lido, outros mais distraídos como eu, podem lê.lo aqui.

"Pediram-me que escrevesse um texto sobre um tema à minha escolha e como por vários motivos estou a escrevê-lo na noite de Haloween, apeteceu-me escrever sobre magia.

Magia sim. Porque acredito em magia, não naquela dos ilusionistas nem truques mágicos do nosso Luis de Matos, sem lhe querer tirar o mérito. Mas não é dessa magia que quero falar.

A magia de que falo é uma mais subtil que existe no nosso dia a dia e nem nos apercebemos. Tenho tantos motivos para acreditar em magia. Um dia quando era pequena aprendi a magia de juntar as letras e de repente descobri a magia da leitura e da escrita e descobri o mundo mágico das letras e da imaginação.

Depois cresci e passei por aquela fase em que ser muito crescida é não acreditar em magia e tentar encontrar uma explicação racional para tudo. Depois cresci um pouco mais e descobri que às vezes a explicação estava mesmo na magia?!

Como explicar que vemos uma pessoa uma vez e a partir da segunda vez ficamos juntos e continuamos. Magia é dizer que se tivesse uma menina, adorava que se chamasse Bárbara e dias depois descobrir que estava grávida e uns meses depois saber que era de uma menina. Magia é sentir uma nova vida a nascer dentro de nós. Estou aqui pensar num certo companheiro de blogues que ao ler este texto dirá, isso é Biologia. Biologia que seja, mesmo assim para mim não deixa de ser magia. Magia é ter um corpo que garante a vida de outro.

Magia é ver um ser pequeno e indefeso aos poucos conquistar-nos e tornar-se o nosso mundo e ver esse ser crescer ganhar asas. Magia é ver esse ser tornar-se o nosso braço direito. E então quando menos esperamos a magia acontece de novo, apesar de tão desejado, tão planeado, tão amado, a entrada de um novo elemento na nossa família.

 E de repente quando as nuvens negras de uma tempestade de tristeza e os trovões da revolta perante uma reviravolta de 180 graus na vida nossa família a ameaçam, é mesmo o que nos parece a ameaça que se transforma em magia e mesmo com todos os seus problemas, num jeitinho tão único, tão especial tão mágico, simplesmente com um sorriso, dissipa as nuvens, afasta a Tempestade, e os trovões e de uma forma que nunca imaginei  e a família une-se.  Juntos somos mais fortes e num toque de magia somos todos por um e um por todos. (Aprendi com os três Mosqueteiros ok? O  Dartacão veio depois.)

Magia sim.

 Porque o amor é uma forma de magia, e uma muito poderosa.

A magia existe: deixem-na entrar nas vossas vidas."

Texto escrito para a entrevista dos sapos do ano

Podem votar em nósl aqui

imagem retirada da Internet com link de referência.

DE OLHOS FECHADOS SABE MELHOR

Cenas da Selectividade alimentar

fechaosolhos.jpg

Comprei uns diospiros de roer ( como lhe chamam), muito bons.  Arrajei um cortado aos bocadinhos para uma tacinha e ofereci ao Gonçalo. A primeira reação dele assim que olhou foi fazer uma careta e dizer: "Belhéc!!!!"

De repente lembrei-me que grande parte da seletivade alimentar dele é visual.

Então disse-lhe: " Fecha os olhos e abre a boca." E ele assim fez. Fui-lhe dando os pedacinhos de dióspiro e não é que comeu tudo e ainda queria mais. Por isso em vez de pedir fechava os olhos e abria a boca.

Fomos ver a chegada do pai natal

Ao Allegro sintra

IMG_20191116_162321.jpg

Gonçalo encantado com as fitinhas que caíam do ar durante a chegada do Pai Natal

Fomos ver a chegada do Pai Natal ao Fórum Sintra. A ideia foi da minha querida vizinha e amiga que adora ser raptada 😋 pelo Gonçalo e gosta de emoções fortes e aventuras, porque passear com o Gonçalo num centro comercial é Sempre uma aventura. 

Como ela queria mostrar a casinha do Pai Natal e do presépio subimos, eu preferia ter ido ter direta ao sítio para  esperar o pai Natal. 

A intenção foi  boa., mas ... o Gonçalo viu o espaço para crianças. E qual é o mal disso perguntam vocês? 

O problema é que parte do espaço é feito numa imitação de uma rede em que se o Gonçalo for para lá não o consigo tirar de lá. Atente-se que ele está com 40  quilos e tem uma força bruta. Ora ainda andou de escorrega  mas quando o quis tirar lá fez a fita do costume e apareceu a típica pessoas metediça do costume. Com o meu sorriso mais antipático,sim não foi engano, sorriso antipático, pedi à senhora que se afastasse por favor.   "Ah e tal eu só queria ajudar."  Eu : "Então afaste-sr por favor, ou sabe acalmar crianças com autismo?" " Ah e tal tenho uma amiga que tem dois filhos com autismo" "Aí sim e a senhora costuma acalmá-lis em crise?  Então suponho que se o meu filho a agredir durante a crise a senhora saiba lidar com isso para não se magoar?) A senhora afastou-se imediatamente sem palavras. 

Quando o Gonçalo está assim não ouve ninguém.  Deixei-o deitado durante um tempo para se acalmar. Depois puxei-o mas ele reiniciou-se a querer ficar no chão fazendo uso de toda a força e de uma palmada no rabo em que me foi mais a minha mão que o rabo dele,(pois esta serve apenas para o tirar do estado em que não liga a  ninguéme resulta) e juntamente com a minha vizinha conseguimos tirá-lo do escorrega. A muito custo consegui afastá-lo da rede e por fim conseguimos descer as escadas rolantes e o Gonçalo literalmente furou a fila para estar à frente. Como na decoração estava uma mesa pequenina com cadeirinhas, o Gonçalo pôs a puxar pelo braço do Segurança e a pedir para se sentar,o senhor foi de grande simpatia e eu expliquei que ele não podia porque havia cadeiras para todos os meninos. O Gonçalo pareceu aceitar. Mas estava a pôr-se à frente de uma menina mais pequena e está estava a chorar . Tentei desviá-la várias vezes mas ele não queria.  Então disse-lhe que a menina era pequenina e estava a chorar porque ele não a deixava ver o Pai Natal . Imediatamente o Gonçalo olhou para trás viu a menina e desviou-se.

 Depois o Pai Natal chegou e ele ficou encantado, mais com as fitas que caíam do ar e com os duendes do que com o Pai Natal propriamente dito. Andou deitado no chão a apanhar fitas,mas não era o único e atirá-las para o ar.  Depois foi tirar fotografias com o duende

IMG_20191116_162955.jpg

 

IMG_20191116_162957.jpg

 

e lançar charme para as duendes. 

IMG_20191116_163240.jpg

IMG_20191116_163238.jpg

 

 

AS PALAVRAS MÁGICAS!

 

IMG_20191115_195527.jpg

O Gonçalo chega ao pé de mim e pede "Umo". Pergunto queres sumo ? Ele responde afirmativamente.  Então peço-lhe para repetir comigo:

- Mamã quero sumo...

Ainda não tinha terminado e ele repetiu tudo direitinho. Disse-lhe:

- Muito bem, agora faltam as palavras mágicas ( digo sempre que,se faz favor, com licença, obrigada), são palavras mágicas.

Ele pára um segundo a olhar para mim e rapidamente responde com grande entusiasmo:

- Saravá!!!!

Eu sem conter o riso, não é essa palavra mágica é "por favor". 

 

Ele repete de eu dou-lhe o sumo dizendo Saravá!!!

Hoje estamos nos Sapos do ano!!!!!

Espreitem e fiquem a saber um pouco mais sobre nós.

IMG_20191118_121035.jpg

Foi hoje, foi hoje e  eu não sabia quando seria publicada, a minha mini entrevista com os Sapos do Ano. Dêem lá um pulinho e fiquem a saber um pouquinho mais ainda sobre nós.

 Adivinhem sobre o que foi o texto que me pediram?

a) Autismo

b) Gansos

c) Loucos mas felizes

d) Magia

Espreitem e digam de vossa justiça.

 

E sim sou uma mãe Gansa babada

 Imagem ilustração feita por mim

UM PEDIDO ESPECIAL A TODOS OS QUE NOS LÊEM

ENVIEM CORAÇÕES PARA O GUSTAVO!!!

Hoje uma amiga minha que conheci aqui nos blogs em 2007, que também tem tem um filho com autismo (asperger) partilhou no mural do face dela o pedido de outra mãe de um menino com autismo. Leiam  o texto que a mãe escreveu e ajudem-nos a encher o quarto do Gustavo de corações.

"Venho fazer um pedido a quem estiver disponível para o fazer é uma espécie de "desabafo", também. Depende do ponto de vista e da perspectiva de cada um
Tenho 2 filhos maravilhosos (uma menina com 1 ano de idade e 1 menino com 8 anos).
O meu filho, foi criado apenas por mim, desde o nascimento até aos 5 anos... É muito especial, como são todas as crianças. É autista com perturbação da linguagem e atraso global de desenvolvimento. É meigo, nada agressivo, é envergonhado, tímido, mas com personalidade forte. Não lhe perdoo castigos ou palmadas se os merecer.
Não sei se por não ter tido um pai presente ou uma figura masculina de relevo, é muito ligado à parte feminina, esteve sempre comigo: não tem muitos amigos (rapazes), não brinca com meninos (sei bem que não o querem na equipa de futebol e, ele mesmo, prefere dançar, por exemplo), mas tem amigas, todas com semelhantes características e todas muito queridas, pacientes e amorosas com ele. Tem uma melhor amiga que adora e é um sentimento recíproco ❤️
O meu filho adora 6 coisas na sua breve vida: a irmã, eu, a cãopanheira, a melhor amiga, agentes da PSP (a autoridade - diz que quer ser polícia um dia, só que mal ele sabe que nunca o poderá ser, não pelo autismo, mas porque tem uma fractura permanente do plexo braquial que não permite rotação do cotovelo, não consegue pôr o braço atrás das costas, entre outras coisas) e... Corações! É o Gustavo é obcecado por corações. ❤️
O meu pedido é simples, mas requer algum trabalho: mães, poderiam pedir aos vossos filhos, filhas, sobrinhos, sobrinhas, amigos, amigas, que desenhassem corações (ou o que desejassem), numa folha e enviavam para o meu Gustavo através de uma carta? Pode ser o que quiserem, mas que tenha, pelo menos, 1 coração.
Ele tem um quadro no quarto (daqueles de cortiça), com folhas onde desenha o que mais gosta: a irmã, eu, a melhor amiga e os seus corações.
Vai ser submetido a uma cirurgia no dia 2 de Dezembro, não é novidade nenhuma para ele estar num hospital onde já passou 1/3 da vida, mas o ser "operado" é que vai ser penoso (ele ainda não sabe, não porque lhe quero esconder, mas sim porque sei que iria ficar muito nervoso, ansioso e tristíssimo) e, queria muito, que quando voltasse para casa, tivesse essa surpresa! Queria dar-lhe uma alegria diferente: muitos corações, todos para ele, uma vez que oferece sempre corações aos outros... Numa folha de papel.

Grata pela vossa atenção 😘 ❤️"

O nome e a morada: Gustavo Matos
Rua Vieira Lusitano, nº 4 - 3 esquerdo
Damaia de cima 2720-539 Amadora

 

 

Sobre o meu desabafo...

Agradeço o carinho...

Nós que gostamos de partilhar, palavras,sentimentos e vivências através dos nossos blogs acabamos por vezes, por fazer tanta ou mais diferença que aqueles  que  estão ao nosso lado, acabamos por vezes mesmo a sermos uma família. Obrigada pelas vossas palavras e pela energia positiva.  Há quem me diga que carinho não se agradece, que é algo que se merece.  Mas a verdade é que me sinto muito grata pelo vosso carinho. Mesmo por aqueles que em silêncio me enviaram energias positivas. Tenham um dia feliz.

É só que…têm sido uns dias difíceis.

Não tenho escrito. Não é por preguiça, nem por falta de vontade, nem por falta de novidades. Não tenho escrito porque têm sido uns dias difíceis. A miúda adoeceu, eu adoeci de seguida . Estava em recuperação, o Pedro passa-me 13 horas no Hospital e vem de lá doente. Ele melhora, fico eu.  Eu melhoro, fica ele.  A tia dele, entretanto dá entrada no Hospital e fica internada. O Fim de semana é passado entre visitas e gerir os miúdos.

Consegui arranjar um tempinho para levar o Gonçalo a ver a chegada do pai Natal. Correu melhor do que eu pensava, mesmo assim estou cada vez menos tolerante com a mania. que as pessoas têm de se meter no que lhes diz respeito. Depois conto tudo  prometo.

 

Puseram-me um miúdo cuja família é perigosa e já me ameaçou  numa turma minha, essa família foi responsável pela agressão a um colega meu que só se  preocupa com os alunos, tendo a preocupação que nenhuma criança fique sem comer , pois, ele é coordenador da Escola onde está e pertence ao Agrupamento onde trabalho. No entanto a escola apesar de ter conhecimento de toda esta situação não me garante segurança nenhuma.

 

Estamos só com um carro  de manhã fica o Pedro com o  Carro e vai levar os miúdos à escola . À hora de almoço vou levá-lo ao curso dele e fico eu com o carro. Vou buscar a Bá á Escola levo-a aos treinos ou às aulas da orquestra  nos dias que tem. Vou buscar o Gonçalo ao ATL, vou buscar o Pedro.

 

A Bá foi à médica de família à tarde por causa das dores de cabeça, á noite foi ao Hospital com uma enxaqueca. Enquanto escrevo isto aguardo regresso dela do Hospital.

Hoje vi a mala do Gonçalo. Cadernos imaculados, sem nada escrito. Apenas o estojo dos marcadores estava mexido.  Sei que ele faz trabalhos no CAA , mas não deixei de me sentir desolada. Queria tanto ter poder económico para o ajudar mais. Ter uma pessoa especializada que o acompanhasse também fora da escola. Mas não estou a ver meios.

Ando cansada, desanimada, sem paciência, sem ânimo.  Só me apetece dormir na esperança de acordar e pensar que tudo isto é só um pesadelo.

Somos só os dois a  dar apoio e não temos apoio de ninguém.

Desculpem o desabafo.  Este blog voltará brevemente ao seu registo normal de me focar nas partes positivas da vida.  

É só que…têm sido uns dias difíceis.

Parabéns ao papá ganso!!!!

 Parabéns ao papá ganso!!!!

Hoje é o aniversário do Papá Ganso que teve um dia de aniversário atribulado, pois encontra-se adoentado  e anda muito cansado.  Estamos a ficar um Gansos Cotas é o que é…

E também porque a sua Tia, e tia avós dos meus filhos se  encontra internada no Hospital

Mas como ele é o melhor papá do mundo( a Bá e o Gongas* confirmam esse título)

 e arredores queremos desejar-lhe Parabéns e que conte muitos na nossa companhia .

 

gif retirado daqui

 

 

uma paisagem de Lisboa

Tirada durante o Curso de fotografia.

Lisboa.jpg

Quando fiquei desempregada, como não sei estar muito tempo parada, fui tirar um curso de fotografia. Esta foto foi tirada no decorrer desse curso. Creio, se não estou em erro, que é uma vista do Convento de S.Vicente. Mas, já foi há algum tempo e andei por tanto lado nesse dia,, que não me lembro. Noutro computador tinha guardado os lugares, mas depois mudei.

  O Gonçalo tinha 20 meses isso eu recordo bem.

 

Pág. 1/2