Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

A primeira bolacha...

A primeira bolacha que o Gonçalo tirou do pacote foi direitinha para dar a mãe. Ontem quando ele estava a comer pedi-lhe uma. Hoje assim que tirou as bolachas do pacote a primeira deu-me a mim e a segunda foi para ele. Deixou-a cair e pedi-lhe a bolacha que caiu, deu-ma em troca dei-lhe a que me tinha dado. Como percebeu que eu ia ficar sem bolacha, tirou outra do pacote e deu-ma. Depois digam se não tenho razões para ser completamente babada por este meu filhote????

Um intruso na cama

 

Sou daquelas pessoas muitas friorentas. E de noite ainda pior. Sou daquelas pessoas que mesmo no Verão com temperaturas acima dos trinta graus, dorme com lençol e por vezes com mantas. Esta noite foi daquelas, que acordei várias vezes quando a manta se escapava e eu ficava com frio. Qual não foi o meu espanto, quando ao amanhecer ia começar a refilar com o meu marido por me estar a prender as mantas, quando me apercebo que a dormir nos pés da cama e a prender-me as mantas estava o Gonçalo, que como não tinha conseguido meter-se no meio dos dois enfiou-se nos pés da cama , tapou-se e ficou alia dormir. O pai levantou-se e pô-lo ao meu lado e ele ficou a dormir abraçado a mamã.