Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

A Galinha da vizinha é mais gorda do que a minha.

 

 

alimentos-gif-2.gif

Ou também podia ser: o que é dos outros sabe melhor.

A seletividade alimentar do meu filho tem a ver com a parte visual e não com o paladar da comida em si.

Por exemplo se eu fizer uma sandes de Mortadela à frente do meu filho, ele diz “blhéc” e não a come, mas assim que me vê a comer uma, tira-ma da mão e devora-a.

 Conta a irmã que o mesmo acontece com os cachorros quentes, se puser mostarda num cachorro à frente, ele faz cara feia, mas se ela deixa por um segundo o cachorro dela encharcado de mostarda ao alcance dele, ele   come-o todo.

 E pronto esta é a seletividade alimentar do meu maroto.

 

É caso para dizer que aqui os olhos não querem comer...