Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

Os animais como terapia para as crianças com TEA- Os animais como terapia para as crianças com TEA



É por demais conhecida a importância que os animais têm no bem-estar, terapia e até cura de algumas doenças. E este também é um facto comprovado junto das crianças com TEA: de facto, existe uma melhoria visível e substancial nas terapias com animais, principalmente com cães e cavalos.

Cães

Os cães são muito fáceis de serem treinados. Além disso, demonstram muito carinho e afecto pelas pessoas. Eles não precisam de dizer nada para sabermos que nos amam, que precisam de nós ou que se sentem queridos.

Além de fazerem companhia às crianças, são animais que aprendem a obedecer às ordens dos pequenos com muita facilidade. Assim, a criança com TEA não irá depender de mais ninguém, neste contexto específico, mas o cão sim, irá depender dela. Do seu carinho, do seu afecto, do seu olhar.

Os cães escolhidos para este fim devem ser cuidadosamente treinados. O resultado do tratamento também será muito benéfico mesmo que a família que tenha uma criança com esse transtorno decida adoptar um cão que não seja o utilizado nesse tipo de terapia.

Nessa terapia, as raças mais commumente utilizadas são os Golden Retriever, os Labradores e os Pastores Alemães.

Cavalos

Apesar deles geralmente serem usados com pessoas com problemas de equilíbrio e mobilidade, também influenciam directa e positivamente a comunicação e o comportamento. Isto acontece porque o cavalo é um animal inteligente, com uma elevada capacidade de compreensão.

Por isso, é fácil criar um vínculo entre o cavalo e a criança. De facto, eles podem chegar a ser grandes amigos. Num cavalo, a criança irá encontrar um amigo para conversar e em quem confiar. Além disso, ela irá desenvolver a sua capacidade de empatia, que irá favorecer a sua integração social e a sua habilidade de adaptação a circunstâncias diversas.

Golfinhos

Dizem que os golfinhos são os animais mais inteligentes do mundo. Além disso, são muito alegres e divertidos, algo que irá alegrar a vida da criança. Os estudos que foram feitos com golfinhos demonstraram que a interacção com eles melhora a concentração e a capacidade de comunicação.

Estes três animais são os mais usados com crianças com TEA. No entanto, ainda estão em curso vários estuos que se debruçam sobre a interação da criança com outros animais, tais como peixes, clhos, gatos, entre outros.

 

Este texto é responsabilidade de Sofia Castro Sousa

Uma paceria com

Sofia de Castro Sousa-Psicóloga e Coach Transformacional