Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

Crónicas de uma mãe atrapalhada 2: o nosso anjo azul

Um dia escrevi sobre as aventuras e desventuras das delícias da maternidade e do milagre da vida! Este é a continuação dessas aventuras com um menino especial e as suas peripécias.

Nós dizemos STOP e vocês?

não á violência doméstica.jpg

Se és contra a violência doméstica cola este selo no teu blogue e partilha!

Este post não é sobre o Gonçalo, nem sobre autismo, mas sobre igualdade e justiça. Porque temos de dizer STOP à violência doméstica. Porque continuam a haver vítimas da violência doméstica todos os dias. Porque há umas que são notícia e outras que não o são, mas que são vítimas. Não permita. Peça ajuda. Denuncie. E porque por vezes falta informação aqui fica uma lista dos serviços onde pode recorrer.

Violência doméstica

 APAV https://apav.pt/lgbt/menuvit.htm

Pode pedir ajuda a estes serviços:

 

112

Número Nacional de Emergência

(grátis, disponível 24h)

 

114

Linha Nacional de Emergência Social

(grátis, disponível 24h)

 

800 202 148

Serviço de Informação às Vítimas de Violência Doméstica

(grátis, disponível 24h)

 

213 222 490

Comissão de Proteção às Vítimas de Crime    https://cpvc.mj.pt/

 

(custo chamada para rede fixa, 9h30-12h30 e 14h-16h30)

 

Para mais informações consulte também a página da Justiça https://justica.gov.pt/Guias/vitima-de-violencia-como-ajudar-1